quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Fôlego

Me faça te querer, necessitar de você, do mesmo jeito que necessito do ar pra respirar, e consequentemente, sobreviver.

Seria bom se a dose certa fosse oferecida, sem exageros ou mendigarias, apenas na intenção de buscar uma reciprocidade saudável. Algo comum, mas raro ao mesmo tempo. Pra que me tire o fôlego e me faça respirar na vontade de querer perder mais, e mais e mais...

Afinal, antes o fôlego à você.

Karla Moreno

2 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Como sempre tudo muito bonito por aqui.
Só passei para dar um abraço


No entardecer,
o sol dança com a chuva
e um arco-íris
no horizonte tinge...
Espera a lua surgir
e entre as nuvens
uma estrela luzir.
Depois, a terra sorri
quando na noite escura
o céu clareia...
Um véu de estrelas
abraça a lua cheia...
O poeta fecha os olhos
e sente o poema
correr em suas veias.
A lua deita no mar
e o sol, novamente
beija a areia.

(Sirlei L. Passolongo)

Mony disse...

Oiee.!
Muito lindo seu blog , parabéns

passa no meu blog que vc ganhou um selinho!

Beijos