quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Meu cúmplice é você

Poesia não é arte, nem cultura, nem talento. Poesia é algo que existe em você e ninguém pode ver. É como se um pedaço seu tivesse voz, e quisesse falar. Como se seus dedos fossem testemunhas e os olhos alheios, cúmplices.

Nesse crime que expõe sentimentos sem torturá-los, a poesia explica que não existe crime algum.
Tortura mesmo é se calar diante de um sentimento, crime é saber disso e, mesmo assim, se calar.
Karla Moreno

5 comentários:

''Tay' disse...

Adorei *-*
fikou muito legal, e concordo com você, poesia é algo que existe dentro da gente e que ninguém pode tirar.

Ariane Garcia' disse...

que demais
*---*

Poetisa'

Sonia Schmorantz disse...

Natal...
É o mês de confraternização Agradecimento pela vida
Bênçãos ao filho de DEUS
União, amor, reflexão!

Que o bom velhinho traga um saco cheinho de paz,
harmonia, fraternidade
Que o gesto de ternura se estenda de várias mãos
Que ao som dos sinos
O amor exploda em toda direção!

FELIZ NATAL!
UM ANO NOVO DE FÉ E SUCESSO!

Carolzinha ♥ disse...

Verdade, poesia são palavras que nascem no nosso coração, e com a necessidade de desabafar formamos uma poesia linda e com sentimentos ocultos :D

É assim que eu faço.


beeijo, e amei teu blog!

EDUARDO POISL disse...

Ele veio para iluminar o mundo.
Mistério de luz,
inunda nosso espírito em ternuras
e modifica nosso modo de agir.
Transforma nosso egoísmo
em ações concretas.
Jesus é esperança
e nos traz paz e felicidade.
Ensina o caminho
e anuncia a salvação.

Linney Jeanne Palma

Desejo a você e sua Família,
um feliz Natal, e muita paz, imbuído do verdadeiro sentimento de
solidariedade e amor.
Abraços com todo meu carinho