domingo, 31 de agosto de 2008

Mundo complicado de Karla

Subo correndo e tropeço,
mas nao perco a graça.
Perco a linha e o carretel,
mas nao perco a piada.
Me iludo sozinha sim,
mas nem isso me arrasa.
Posso pagar zilhoes de micos,
depois só digo: "racha a minha cara!"
Isso tudo porque amo viver
no mundo complicado de Karla.

2 comentários:

Luis Moutinho disse...

acho q esse é o quarto post q comento, e dos q comentei esse foi o q mais gostei junto com aquele da praia... curto e eficaz, tem essa coisa da linguagem coloquial q eu gosto muito na poesia contemporanea, vc c descreve sem rebuscamentos...
isso é uma coisa q não cabe no q eu escrevo, ainda não consegui atingir esse nível!!! rsrsrsrs
É dificil pra caramba escrever bem desse jeito q vc escreve!!!
estou maravilhado!!!

bjocas mil senhorita kakau

Allan disse...

gostei do blog amor, ficou pop star e deixou de ser choco rs

=)

We need us!