sábado, 21 de fevereiro de 2009

A graça do carnaval

Carnaval é uma coisa engraçada. É, engraçada mesmo. Eu dou risadas (excessivas) nessa época do ano. Mais que na época dos ovos de chocolate, das crianças, ou dos pés de moleque e das paçocas.
O carnaval é a época onde muitos se fantasiam: o empresário de mafioso, pagodeiro, ou malandro. E o operário, desempregado, de príncipe, ou ator hollywoodiano. É quando a gente deixa de ser, ou se caracteriza, pra ser o que gostaria, ou apenas pra sentir o gostinho (eu, particularmente, já me vesti de homem, e passei um dia inteiro de bermuda, boné, skate, dando até palinha de cueca. Como mostra a foto à esquerda. Adorei!). Mas além de tudo, como toda diversão, toda folia e alegria alcançada e transmitida, carnaval vem e passa. Alguns deixam rastros (doenças). Alguns deixam lembranças boas (muito beijo na boca, sem “sapinhos” escondidos por trás da barba). Alguns não deixam muita coisa (transmissão dos desfiles das escolas de samba, pela tv). Mas a graça do carnaval é ver, como muitos, levam isso a sério.

Vi em um programa da Record “Fala que eu te escuto” que, aliás, é um programa totalmente sem nexo, que aborda assuntos aparentemente “polêmicos”, mas só serve pra encher a lingüiça do tempo vácuo que a emissora tem à noite. Mas enfim, o programa mostrava a reportagem do “Carnaval 2009 e suas beldades, elas fazem isso pra se sentirem atraentes, pra se exibirem ou sei lá mais pra quê..?”: mulheres que lutam um ano inteiro contra a balança, fazem dietas inimagináveis, malham incansavelmente, algumas, apelam pra malandragem, fazem cirurgia as pressas ou eliminam tudo na base da tecnologia mesmo (assim, até eu :D), e ainda falam isso de boca cheia, e eu me perguntando: vocês acham isso bonito? É, Tem gente que acha, Karla.

Acredito profundamente que, nós mulheres, devemos querer nos sentir bem o ano todo. Não só no carnaval! Não só porque vamos desfilar como passistas, com aqueles ferrinhos que devem incomodar a pampa as “partes obscuras”. A gente deve se sentir bem com a dieta que convém, não como forma de exposição, mas pra nós mesmas!

Vi, nessa mesma reportagem, uma entrevista com a tal da “Mulher Moranguinho”, que posou na Sexy. E o que eu achei (incrivelmente) interessante (ironia) foi ela dizer:
- Ahhhhhhhh, eu A D O R O o Carnaval! Amo esse clima festivo, os desfiles, e pra mim ta sendo uma hooonra desfilar como Rainha da Bateria do Paraíso do Tuiuti (ainda bem que ela foi dispensada pela “minha” Portela!), e ainda posar nua na Sexy. As fotos ficaram muito boas, ficou bem tipo, “classudo”, sabe. E eu tenho essa coisa maternal (partiu daí o retrocesso), sou super mãezona (mais mãe ou mais zona?) e como tenho um filho, essa coisa de mãe e tal, sempre levo comigo! (...)
Eu não duvido que leve, e realmente, posando nua na Sexy, tem que ter senso maternal. Afinal, ficar de quatro, empinadinha, mostrando os seios que amamentam, e por onde fazem os filhos, sim, totalmente apoiado! ¬¬*

Mas isso nem foi o auge dessa semana carnavalesca, acredito que tem muito por vir. E eu ainda vou dar muita risada...

E sim, o certo do carnaval é aproveitá-lo de forma correta, e dançar conforme a bandinha, ou o trio manda. Eu julguei algumas mulheres por elas possuírem essa coisa de estética muito elevada, já se expondo ao ridículo. Mas em seguida pensei: pra nós, telespectadores, pode ser ridículo, mas pra elas, pode ser um sonho (fútil, mas que não deixa de ser) realizado. Se elas se sentem bem assim, quem sou eu pra crucificar? Sejam felizes, estão mais que certas! Cada um no seu quadrado. Ou estaria eu, sendo quadrada? Não.

Pra finalizar, só desejando mesmo um ótimo carnaval, com a mão na consciência e longe do volante, pegando táxi ao invés de DST! =)

Karla Moreno

3 comentários:

Gheisy Emanoelly disse...

Oi karla! é verdade, mas enfim as vezes é muito difícil mais nada impossível né? deixa eu ir tirar a minha máscara de tristeza, e tentar fazer nascer uma feliz! gostei do teu blog, gostei muito da tua descrição, e olha, qualquer dia terei muito prazer em ler teus textos, que tal?
UEGHUSHEUHSUHEUSHEHUSHE, muito comédia a sua crítica a mulher "moranguinho" ô mulher em? :x
poisé, vou começar a acompanhar seu blog! beijos, por gheisy :*

atekuba disse...

menina, agora que eu vi todo o teu blog! ele é muito legal, sério como tu conseguiu colocar tanta coisa? *-* fiquei extremamente impressionada, ele tá muito legal mesmo. e muito bonito os seus slides! as músicas, etc. beijos, té o próximo post.

Karla Moreno disse...

Obrigada, atekuba.

Fico muitíssimo feliz e grata pelo comntário!
Beijos. =)