terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

Era pra ser

Era pra ser uma ligação como outra qualquer, onde eu ouviria a sua voz, e você ouviria a minha: Fria, lenta, pausada. É que o sono não havia me encontrado ainda, meus olhos se fechavam, mas não me levavam onde eu queria. Era pra ser como o combinado: você me faria dormir. Eu me aconchegaria nos seus timbres e seria como música aos meus ouvidos. Como um Disk-sonífero. Como um sonho antes de fechar meus olhos e ir. Olhei pela janela e as estrelas sorriam pra mim. Até planejei falar: se olhar pro céu também terás a mesma visão que eu. Seria tão bonito. Mas em seguida, olhei pra baixo, e me vi no 5° andar do meu prédio. Onde enxerguei a realidade, o chão parecia longe, assim como você. Era pra ser uma noite, como outra qualquer. Deitei-me, mexi no celular, como de costume, mas queria que fosse diferente. Queria saber o que não me deixava adormecer, queria um abraço, mas todos já haviam dormido. Queria, e não podia querer. Contentei-me então em apenas ficar ali, encolhida, deitada, a tv ligada, e com meu ursinho de pelúcia, abraçada. O edredom cobrindo minhas pernas, copos d'água me vigiando sobre a cabeceira da cama, e minha mania de passar os dedos no tecido do pijama. Descontentei-me, resolvi te ligar, e decidi buscar teu nome na agenda telefônica do meu celular. Mas era pra ser uma ligação como outra qualquer, onde eu ouviria a sua voz, e você ouviria a minha: Baixa, fina e cansada. 02h20min da madrugada. Você não atendeu, depois retornou, e eu não entendi. Era pra ser bom, juro que não quis estragar nada. Era pra ser só eu e você, sem música alta no fundo e uma multidão infernizada. Porém, o lugar onde você estava, não ajudava. E era pra sair como eu esperava desde o momento que iniciei a chamada.
Mas a surpresa me pegou, quando eu deveria fazê-la. Desculpei-me pelo mau jeito, e me culpei pelo que aconteceria depois. Quando um filme passou pela minha cabeça. Pensei: Era pra ser, mas não foi.

Karla Moreno

5 comentários:

T i e l l y*** disse...

"Contentei-me então em apenas ficar ali, encolhida, deitada, a tv ligada, e com meu ursinho de pelúcia, abraçada."

Quantas noites se repetem assim na nossa vida, sonhando com aquela pessoa do nossso lado!

Texto LINDO
*Kisses

Fraan disse...

Você me deixou sem palavras de tao bom que é o texto,obgrigda. :)
Beijo ;*

Fraan disse...

é Maomé sim. (ou seria Moises?)

Fraan disse...

O que importa é que alguem subiu a montanha (Y'

Bill Stein Husenbar disse...

Excelente Carnaval repleto de animação, aromas, cor e muita festa.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/