segunda-feira, 2 de março de 2009

Não to dizendo...

"Zenit quer proibir presença de mulheres em estádio
Conselho de torcedores do clube russo tomou decisão polêmica


Uma decisão polêmica promete criar muita confusão no futebol russo. Conhecido como preconceituoso e há algum tempo tentando se livrar do rótulo, o Zenit, atual campeão da Copa da Uefa, voltou a criar problemas. Em uma reunião do conselho de torcedores ficou decidido que não seriam mais vendidos pacotes de ingressos para mulheres irem ao Petrovsky, estádio do clube.
A justificativa é a de que as moças atrapalham a concentração e a forma de torcer dos homens. Um membro defendeu a escolha, afirmando que não consegue “pular e rezar quando pessoas bonitas do sexo oposto” estão perto dele.
Um representante explicou que a medida não é para todas as mulheres, e sim para as mais novas. Em entrevista a um jornal russo, Ruslan Dryuma afirmou que não discutiria o futuro da decisão em contato com a mídia.

As informações são do Globoesporte.com."


Agora eu me pergunto: pra quê tudo isso?
Fala sério né?

Já se foi o tempo de preconceitos baratos. Mas em alguns lugares, parece que as coisas não evoluem, retrocedem. E isso é deprimente!
Tudo bem que futebol é um esporte: não muito delicado, não muito feminino, tampouco tranqüilo. Mas gosto não se discute, muito menos paixão! Futebol é outro mundo. Ou você faz parte dele, ou não. E quem não faz, respeitamos. Não está perdendo muita coisa. Futebol é uma atração injusta, porque o que tem de arbitragem maldosa, não é de se contar nos dedos! É violento sim, mas pense em um, que seja emocionante, e não seja "violento" (não que a violência justifique a emoção, mas...). Além de tudo e qualquer defeito que venham colocar, futebol é raça, é disputa, é rivalidade, é amor a camisa, é amor a tradição, é paixão.
E me diz por que mulher não pode gostar e desfrutar disso também? Não atrapalhamos (com exceções), mas justamente essa falta de espaço não permite que os horizontes futebolísticos se ampliem. Mulher pode não entender muita coisa, conheço muitas que falam besteira (e como...), mas analisa comigo o conjunto de comentaristas atuais na televisão brasileira, 80% só falam abobrinha, e são HOMENS! Grande coisa não?

Quem estabeleceu isso, foi a própria sociedade. Mas é então, dever dela reverter essa situação. E eu sei muito bem que estamos falando de um mundo que abrange culturas, costumes e pensamentos diferentes. Mas onde vamos parar com essa falta de entendimento, comprometimento e respeito? Eu que pensei que gosto não se discutisse... Parece que o que faz perder o gosto é justamente a discussão.

Um membro de formato cilíndrico no meio das pernas não significa nada! Nem mais capacidade, nem superioridade! E mesmo o futebol sendo um esporte um tanto desgastante, avassalador e injusto, o quanto for. Nós, mulheres, temos total direito de errar, xingar, vibrar e torcer. E a Rússia que me desculpe, mas se vivesse aí, não teria problema em não ir ao estádio, porque o futebol russo é broxante!

Pior que isso, deve ser ter o tal membro de formato cilíndrico no meio das pernas e, mesmo assim, só falar merda!

Mulheres, torcedoras, uni-vos!

Karla Moreno

5 comentários:

Maria Inácia Bellico disse...

Nada segue adiante. Com tanta coisa a se preocupar, eles estão se preocupando com algo onde todos tem direito. Que falta de democracia. Nós mulheres temos direitos e queremos que estes direitos sejam reconhecidos.

Bjim*

Madamefala disse...

Eu não morro por futebol, mas qualquer discriminação com as mulheres (assunto em questão) é triste e revoltante.Fizemos tanto para reverter isso e agora esse ínfimo de porcentagem machista quer trucidar.
No no no.

beijocas!

MateusDka disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk... ri muito do seu protesto. Concordo plenamente! Direitos iguais às mulheres... e olha que, embora possua todos os atributos necessários para o futebol (ser homem), eu o odeio! rsss... Não gosto mesmo.

Abraços

Atreyu disse...

Cara fiquei puto!
Que presepada! Acho que essa história vai render muito ainda!
E vamos ouvir falar dela
você vai vê

Fraan disse...

Kakau,querida :)
tenho um selo pra voce.
Depois passa lá
Beijo ;*